InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!   Qua Mar 30, 2016 7:30 am

ADEUS AO MEU MESTRE E AOS MEUS AMIGOS















Shiryu atacou Hermes com o Cólera do Dragão, mas caiu no mesmo problema que Ednael, quando atacou o Deus: ele era veloz demais. Não era um Deus muito acostumado aos combates, mas conseguia desviar de ataques com uma facilidade ainda maior que a de seu pai, Zeus.
— Shiryu de Libra, não é? Você jamais me vencerá com esses golpes de tartaruga. O seu Cólera do Dragão é como uma lesma se movendo. O de seu pupilo é ainda mais patético.
— Vocês, Deuses, adoram esnobar de nós, humanos. Mas a maioria de vocês já está morta, não é? — debochou Ed.
— Tem razão, mísero humano. Mas sou o Deus mais veloz do universo; criei, por exemplo, os Jogos Olímpicos, que foram uma oferenda a mim. Nem mesmo Hércules podia comigo. Além disso... também sei atacar — Hermes lançou um raio azulado que derrubou Shiryu e Ed de forma tão rápida que eles nem mesmo perceberam de onde veio a investida.




ENTRADA DO CASTELO

Eduardo de Câncer, Kiki de Áries, Luís de Hidra e Matheus de Peixes também acabavam de adentrar no palácio dos olimpianos. O acerto de contas com Zeus estava cada vez mais próximo.
— Edu, vingaremos o Zeq, a June, a Marin e a Shina, custe o que custar.
— Vingaremos, Matheus! Nossos amigos não morrerão em vão. Liquidaremos Zeus da mesma forma que acabamos com Hefest... Que cosmo é esse?





— Ahahahahahahaahahahaha! Sou o pior pesadelo de vocês, seus lixos.



— Você é Ares, o Deus da Guerra? — indagou Kiki.
— Infelizmente para vocês, sim. Odeio os humanos desde sua criação. Vim pessoalmente esmagar cada um de vocês, parasitas malditos. Ainda mais porque vocês mataram Hefesto e o Peixes acabou com Hera.
— E qual é o problema nisso, Deusinho de merda? — perguntou o sempre invocado Luís.
— Do que você me chamou? — os olhos de Ares ficaram rubros. — ele estalou os dedos e o pescoço de Luís se quebrou, como se quebra espinhas de sardinha.
O bravo Luís de Hidra caiu morto. Irado, Edu lançou as Ondas do Inferno, mas Ares as bloqueou com facilidade.
— Vou poupar meu tempo e trucidar vocês de uma só vez com o meu mais poderoso golpe. — o cosmo de Ares era maior do que o de qualquer outro Deus que haviam enfrentado antes.
— Tomem cuidado, cavaleiros. Esse homem nasceu para guerrear.





— APOCALYPSE OBLIVIOOOOOOOOOON!!!!!!!!!!
Um, dois, três, quatro e cinco. O corpo inerte de Luís foi ao teto e voltou, e os demais tiveram todas as suas armaduras douradas despedaçadas com apenas um golpe do incrível Ares.




SALA DE ZEUS



— Depois de mim, Ares é o Deus mais poderoso que existe. Está no mesmo nível de Poseidon e Hades. Ele não será vencido nem que o céu venha abaixo. Ele jamais será vencido... — Zeus sorriu.



_____________________________________________________________________________________________



— Então, Shiryu, ainda tem forças para me combater? — perguntou Hermes, ironicamente.
— Claro que sim. Cólera do Dragããããoooooooooooo!!!!!
Mas o mesmo ocorreu: Hermes simplesmente sumiu e reapareceu ao lado de Shiryu.
— Já disse que é inútil. Você jamais me alcançará. — Hermes começou a dar fortes petelecos na cabeça de Shiryu, sempre desaparecendo e reaparecendo, tornando impossível a defesa do cavaleiro de libra.
O Deus era tão rápido que o combate tornava-se divertido para ele. Quando Ednael despertou, viu que havia pouca coisa que eles poderiam fazer.
— Mestre Shiryu, se não pudermos lançar um golpe mais rápido do que ele, perderemos facilmente.
— Você tem razão, Ed. Quer tentar aquele golpe, junto comigo, para aumentarmos as nossas chances?
— Sim, meu mestre!



— Podem tentar o que quiserem.
Os cosmos do dragão e de libra se elevaram juntos; foi como naquela vez, em que Shiryu lutou ao lado de seu mestre Dohko. Quando se lembrou, ficou emocionado.







Os 100 dragões, juntos, viraram 200 monstros ferozes que cruzaram o céu, atrás do incrédulo Deus Hermes. Um deles conseguiu tocar-lhe a pele, mas nada mais.
— Ahahaha! O esforço de vocês foi tocante, mas nada me aconteceu. Presumo que tenham usado cosmo demais, não?
Shiryu, e principalmente Ed, estavam extenuados.
— Mestre, esse Deus é realmente durão.
— Não nos daremos por vencidos, Ed! O meu filho Shoryu me espera nos Cinco Picos, assim como a minha Shunrei.

Naquele instante, Shunrei rezava pelo retorno de seu amado Shiryu.



— Libra, você é um homem valoroso e eu o respeito. Se pudesse, não o tiraria do seu filho e esposa, mas... Preciso lutar pelo meu pai. Pelas mãos do grande Hermes, morraaaaaaaaaaaa: FURACÃO INFINITOOOOOOOOOOOO!!!!
Shiryu e Ed foram varridos por aquele golpe que eles sequer puderam enxergar. A velocidade de Hermes estava além da compreensão. Suas armaduras foram dilaceradas como se fossem de papel, mesmo a poderosa armadura de libra.
— Sh... Shunrei...



________________________________________________________________________________________




Ares deixou os cavaleiros semimortos caídos no pátio principal e foi repousar em seu próprio palácio, no nono andar. Porém, antes que pudesse entrar, uma voz o interrompeu bruscamente:
— Ei, foi você que derrotou os meus preciosos amigos? — perguntou Hyoga, que estava com Daniel de cisne, seu discípulo.
— Ainda existe dejeto a ser eliminado?
— Sou Hyoga de aquário.



— Daniel, o cisne.
Ares sorriu. Amava lutar, mais do que qualquer outra coisa no mundo.


_________________________________________________________________________________________



Hermes já estava começando a se irritar com a insistência de Shiryu, que se levantava mesmo sem sua armadura.
— Shiryu, você é jovem ainda, e tem família. Deixe o Olimpo e volte à Terra. Prometo que você poderá viver bem alguns anos, até que meu pai decida exterminar toda a raça humana. Desista de tentar me matar.
— De que adianta viver só alguns anos, sabendo que meus amigos perderam a vida lutando? Prefiro morrer com eles!
— Que sej... O quê? — Hermes foi pego de surpresa. Era Ednael, ainda vivo.
O dragão, já quase sem forças, pegou Hermes pelas costas, agarrando-lhe com os braços, como uma anaconda voraz faz com sua vítima.
— Hermes, não tenho como vencê-lo de outra forma. Você se move além da velocidade da luz. É impossível pra mim. Então, terei que usar o golpe que nem meu mestre quis me ensinar. O golpe que aprendi pesquisando, nos manuscritos do mestre do meu mestre, Dohko de Libra, o tigre de Rosan.
— Você não está pensando em... — Shiryu se apavorou. — Ed, não faça isso! Daremos um jeito!
— Mestre... — começou a dizer.
Shiryu, então, soube. Ed ia usar o golpe que ele usou sacrificando a própria vida para vencer Shura, muitos anos atrás.





— Você sempre foi minha referência. Para que o senhor tenha uma longa vida ao lado da Shunrei, darei minha vida em sacrifício, com... O ÚLTIMO DRAGÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOO!
Hermes e Ednael subiram aos céus, sumindo das vistas de todos no Olimpo. O majestoso dragão verde e o Deus-atleta desapareceram até atingirem os confins. Shiryu, que a tudo via lá debaixo, relembrando de quando ele mesmo fizera a mesma coisa, por Atena e seus amigos, chorava. Em pouco tempo, o cosmo de Ednael de Dragão evaporou por completo.
Shiryu se deixou consumir pela tristeza causada pelo sacrifício do amado discípulo, mas algo estava errado. O cosmo de Ed desaparecera, mas...
A presença retornou exatamente ao seu lado. Hermes, vivo!
— Que idiota o seu pupilo. Por que achou que o que funcionou contra um humano faria o mesmo efeito em mim, um Deus? Tive que reunir todas as minhas forças para me teletransportar dos confins do universo, quase fundindo meu corpo em um buraco negro.
Shiryu estava sem ação. Aquele Deus estava além da compreensão. E a vida de Ed foi tirada, à toa.
— Shiryu, não fique triste, prometo que farei com que se junte ao seu pupilo. Acabarei com você com o Furacão Infinito, está bem?
— Hermes... — Shiryu permanecia inalterado.
— O que foi?
— Um dos últimos ensinamentos que meu mestre ancião me deu foi a respeito do golpe Cólera do Dragão.
— E daí? Esse golpe é um lixo e só me arranhou.
— Ele me falou que a única diferença entre a Cólera do Dragão e a dos Cem Dragões era o cosmo depositado no golpe. Protegido pela constelação de dragão, mesmo que há muito tempo, nos tornamos protegidos pelo Deus-Dragão. E liberamos partículas de nosso cosmo em forma de dragões.
— Shiryu, desculpe interrompê-lo, mas sua explicação está longa e isso me irrita. Hora de morrer.
— A questão é — e o cosmo do cavaleiro de libra foi se elevando em uma velocidade que mesmo a Hermes foi difícil de quantificar. — Aprimorei muito o meu cosmo desde meu último encontro com o meu mestre Dohko.
— Cale-seeee! FURACÃO INFINITOOOOOOOOOOOO!
— CÓLERAAAAAAAAAAAAAAAAA DOS MIL DRAGÕEEEEEEEEES!!!!!
O furacão sumiu no meio de todos aqueles incontáveis dragões. Hermes até conseguiu ser mais rápido do que mais que trezentos deles, mas quando o primeiro o atingiu, foi impossível desviar dos demais. O Deus mais rápido do universo acabava de virar lenda e poeira cósmica.
— Ed, essa foi por você... — e Shiryu despencou no chão, exausto.



________________________________________________________________________________________




Dentro do castelo, Ares sentiu seu irmão sumir por completo.
— O cosmo de outro Deus se extinguiu, Hermes, assim como Shiryu ficou próximo da morte. Ainda continuará se gabando? — quis saber Hyoga.
— Ahahahaha! Seu pobre desgraçado. Minha esposa Afrodite morreu, assim como quase todos os meus irmãos. Antes dessas lutas, eu mesmo matei os meus dois filhos, Phobos e Deimos, com minhas próprias mãos, para treinar em combate. Acha que me importo? Sangue me delicia, seu asqueroso.
E Hyoga e Daniel sabiam que precisariam enfrentar um Deus sádico e absolutamente poderoso. Ambos sentiram muito medo.










CONTINUA...


Última edição por Daniel em Dom Abr 03, 2016 11:40 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eduardo
Admin
avatar

Mensagens : 483
Data de inscrição : 17/10/2012
Idade : 27
Localização : Santa Maria - RS

MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!   Sab Abr 02, 2016 10:10 pm

Bahhhh... que tenso!!!! Outro level de capítulo! Very Happy Very Happy Very Happy
Muito f*da está se mostrando o começo do desfecho!

Acho que só no próximo saberemos quem viveu e quem morreu... Shocked

Parabéns Daniel!

_________________

Eduardo, Administrador do Fórum de Jogos [R.I.P]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://requiescantinpace.forumeiros.com
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!   Dom Abr 03, 2016 11:40 pm

Shooow, bah, vai ser dureza pegar o aries... Bateu uma e arregaçou geral...
Capítulo top Daniel, parabéns...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander

avatar

Mensagens : 278
Data de inscrição : 23/08/2015
Idade : 28
Localização : Itabaiana/Sergipe

MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!   Seg Abr 04, 2016 4:25 pm

Li ontem, mas não ldeu pra postar age vai kkkkk
Muito bom, se não gosto muito pq morremos kkkk. Mas se dwsse juntavam as esferas do dragao kkkkk
O ruim eh q tá acabando....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!   Seg Abr 04, 2016 10:26 pm

Ficou muito bem escrita
e como escreveu matheus bem difícil pegar aries
ja com a luta Ares veremos o que acontece...
e como so me resta mais uma vida que foi usada no inicio da batalha com Ares veremos o que irei eu fazer com ela ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
ZEUS CHAPTER 21: Adeus ao Meu Mestre e aos Meus Amigos!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Um Adeus pro Pessoal :'(
» [Adeus Wii U] Reggie indica que NX é console de mesa
» [Review] God of War III
» [Geek Topic]Mitologia
» Blast from the Past: Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back (PS1)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
[R.I.P] Requiescant In Pace :: CDZ-
Ir para: