InícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis   Qui Mar 17, 2016 4:38 pm

A INVENCÍVEL ARTÊMIS








       — Artêmis, eu sou contra a luta, mas você não me dá escolha...
— Corte esse papo de bebê chorão! — Artêmis preparou uma de suas flechas.
Lukas, indefeso sem as correntes, apenas observava a tudo. Artêmis atirou a flecha e Shun a parou no ar, com o seu cosmo.
— A BÊNÇÃO DO SENHOR DAS TREVAAAAAAAS!
Artêmis foi hábil em escapar do poder do cavaleiro de virgem. E atirou várias flechas de uma só vez, as quais uma delas tocou no cavaleiro dourado.
— Terei que ser mais veloz se quiser me safar dessa... — disse Shun, sangrando.


_________________________________________________________________________________________





O Deus mais rápido do mundo tomava água diretamente da fonte termal, que ficava à beira do grande palácio dos olimpianos, que contemplava os doze templos. Aquele era um de seus prazeres. Se pudesse não lutaria contra os cavaleiros atenienses.
— O Olimpo está maculado de sangue humano... Por que as coisas tomaram esse rumo? Queria poder só observar, como Dionísio.

De repente, Hermes sentiu.
— São quatro cosmos... Não tem jeito; voltarei ao palácio e me prepararei para a luta. Ainda não é tempo de morrer... — Hermes se teletransportou para dentro.






Os quatro cavaleiros foram os primeiros a entrar no palácio sagrado.



— Shiryu, então é aqui que Zeus reside?
— Exatamente. O meu mestre sempre me falou sobre um super palácio sagrado construído pelas ferramentas mitológicas de Hefesto, que criou doze templos dentro desse palácio. No topo, está o de Zeus.
— Mestre Hyoga, senhor Shiryu, vamos acabar com qualquer Deus que aparecer em nossa frente — disse Daniel.
E então, aquele cosmo.




— Sejam bem-vindos, cavaleiros.
— Você é...
— Hermes, o Deus mensageiro.
— O Deus atleta — complementou Shiryu. — Presumo que você nos deterá aqui, não é?
— Exatamente! Não há saída.
— Hyoga, pegue o seu pupilo e prossiga. Há outros Deuses aqui além de Zeus. Eu e o Ednael cuidaremos do Hermes.
— Está bem, Shiryu. Nos veremos no salão de Zeus.
Hyoga e Daniel continuaram a correr, enquanto Hermes apenas assistia, impassivelmente.



______________________________________________________________________________________




— Virgem, se esse é todo o seu poder, acho que te superestimei. Vou matá-lo com as minhas ondas lunares. RAIO ESPECTRAL LUNAAAAR!
Shun foi incapaz de se defender da investida de Artêmis. Ao ver o seu mestre naquele estado, Lukas, mesmo sem as correntes, avançou, mas foi contido por uma rajada do cosmo da Deusa, que despedaçou sua armadura de bronze.
— Mas que drogaaaaaa! Não consigo fazer nem um arranhão nessa mocreia.
— Do que me chamou? Morraaaa! — a flecha raspou o coração de Andrômeda por míseros centímetros. — Lukas caiu.
— Lukaaas! — ver o discípulo daquele jeito fez o cosmo de Shun se elevar. — Maldita Artêmis, você conhecerá agora o principal poder do cavaleiro de virgem.
O poder de Shun mudou o cenário ao redor.
— O TESOURO DO CÉU!



— Mas o que é isso?
— O Tesouro do Céu é a arte suprema. Ele é ataque é defesa em um só. Artêmis, prive-se de seus sentidos e sucumba a mim.
— Cale-seeee... e.................
Silêncio.
— Acabei de lhe roubar o paladar. Você é incapaz de falar, custe o que custar.
Artêmis tentava, inutilmente, emitir qualquer som.
— TATO!
E o corpo de Artêmis pairava, como um boneco de ventríloquo desprovido de qualquer vontade.
— OLFATO!
— VISÃO!
— Mestre Shun... — Lukas, ainda deitado, estava atônito com o poder oculto de seu mestre.
— Artêmis, deixei sua audição por último. Não gosto de lutar, mas se a causa é a salvação da minha raça, então vale a pena, não é? Vocês, Deuses, não têm o direito de controlar as nossas vontades. Pois então, um humano como eu, acabará com você. AUDIÇÃO!
Artêmis caiu no chão. Não passava de um cadáver vivo. Com um estalar, Shun lhe tirou também o sexto sentido. E depois sétimo e oitavo.
— Lukas, vamos seguir adiante. Por precaução, extraí todos sentidos, inclusive os adicionais, para que ela não retorne. Agora, Artêmis ficará nesse estado de suspensão por toda a eternidade.
— Caramba, mestre, quando você luta a sério, sai debaixo, hahaha!
Os dois começaram a rir. Foram andando em direção ao palácio, quando sentiram um cosmo ir se elevando bruscamente. A paisagem do Tesouro do Céu se desfez.
— Artêmis? — ele ficou espantado ao vê-la se levantar.
— Humano maldito. O que fez comigo? Me obrigou a usar meu cosmo total.
— C-como pode ter se levantado sem os oito sentidos?
— Idiota, não sabe que sou uma Deusa? Isso teria funcionado contra qualquer humano, mas não comigo. Um Deus possui o nono sentido, a vontade divina, que é o que nos separa de vocês, mortais. Por que acha que reencarnamos?
— No-nono sentido?



— É tarde demais pra entender! RAIO ESPECTRAL LUNAAAAAAAAAAAR!!!! — daquela vez, o poder fora ainda maior.
— Mestre Shuuuuuuuuuuun! — Lukas, mesmo sem armadura, partiu pra cima. Atacou com várias esferas de energia; nenhuma atingiu a intocável Artêmis.
— Acabou?
— Por que essa mulher é tão forte? POR QUÊÊÊÊ?????
Sem dar bola, Artêmis atirou várias flechas em Lukas, que caiu se esvaindo em sangue. Shun voltou a se levantar e tentou acertar Artêmis, mas o golpe ECLIPSE SATÂNICO, primeira vez usado, não somente o liquidou como triturou a então invencível armadura de ouro. Agora, mestre e pupilo jaziam no chão ensanguentado, enquanto a Deusa ria incontrolavelmente.


______________________________________________________________________________________

Longe dali, Seiya sentiu o cosmo do amigo quase se apagar.




Assim como Ikki, em outro lugar.


— Shun, meu irmão, queria poder ajudá-lo, mas preciso vencer Zeus. Você precisa ser forte e superar a dor...


__________________________________________________________________________________


— Shun, vamos, você pode se levantar. Não morra agora, por favor. LEVANTE-SE, VIRGEM!




________________________________________________________________________________________



O cosmo de Atena incendiou não apenas o desacordado Shun, como seu pupilo desmaiado ao lado.

— O quê? Eles ainda não estão completamente mortos? Mas do quê são feitos esses vermes cavaleiros?
— Ar-Artêmis, estive prestes a cruzar a fronteira da morte, mas o cosmo da Saori me trouxe de volta — disse Shun.



— Entendo... Minha irmãzinha tola, como sempre. Mas o que pode fazer contra mim, sem sua armadura de ouro?
— Artêmis, não importa se luto com ou sem armadura. Enquanto o meu cosmo não me abandonar, eu seguirei lutando.
— Digo o mesmo, mestre Shun! — falou Lukas, reunindo as forças restantes para se mover.
— Vocês são dois imbecis...
— Aaaaaaaaaah!!!!! Minha armadura foi despedaçada, mas sou protegido por outra constelação, desde que nasci.
Artêmis ficou sem entender.
— A estrela que definiu meu destino desde pequeno. O meu signo guardião, touro! POR FAVOR, VENHA ATÉ MIM E ME FAÇA SEU PRÓXIMO CAVALEIROOOO! — aquilo era inédito: um cavaleiro suplicando à armadura para que a pudesse usar.
— Lukas...
O cosmo de Lukas se elevou, à medida que seu sangue continuava a jorrar. Nada da armadura.
— Não vou... DESISTIRRRRRRRRRRR!!! — seu oitavo sentido se inflamou justamente quando a vida parecia abandoná-lo por completo. — TOUROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO0000000000000000000ooooooooooooooooo....ooooooooooo.............................






Era ela, dourada e retumbante.




Tão rápido quanto apareceu, pairando no céu, o espírito de Aldebaran se esvaneceu no ar.
— Lukas... — Shun se emocionou ao ver a armadura de touro indo ao encontro de seu querido aluno.



— Mestre, agora eu o protegerei! Mocreia, hora do acerto de contas!



— GRAAAAAAAAAAAAAANDE CHIFREEEEEEEEEEEEEE!!!!!!!
— ECLIPSE SATÂNICOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!
Os dois golpes arrebatadores se fundiram no ar, provocando eco em todo o Olimpo. E acabaram se desintegrando.
— É impossível que você tenha conseguido anular meu poder máximo, Touro!
— É impossível que você tenha contido o meu golpe, também.
Artêmis lançou mais e mais flechas; Lukas se desvencilhou da maioria, mas Artêmis sempre alcançava uma velocidade maior, e ele não evitou dois golpes. E sangrou mais.
— Mais algumas gotas e você morre.
— Não vou permitir. Já falei — enfatizou Shun. — RENDIÇÃO DIVINAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!
O cosmo de Shun feriu Artêmis, mas ela sempre conseguia evitar um ataque mortal. — ECLIPSE SATÂNICOOOOOOOO!!!!
Shun foi golpeado novamente.
— Mestre, parece que nenhum dos nossos ataques surte efeito nessa criatura maldita. Desse jeito acabaremos sem qualquer energia e morreremos.
— Eu sei.
— Pois então se conformem. O resultado dessa luta estava traçado antes de começar. RAIO ESPECTRAL LUN- o quê? — Artêmis sentia-se presa.
— É a Corrente Nebulosa — disse Shun.
Artêmis tentava sair daquela corrente de ar que a comprimia e impedia seus movimentos.
— Detenha-se, Virgem! Você não tem sequer uma armadura e ainda ousa me enfrentar.
— Já disse que o poder de um cavaleiro depende unicamente da força do seu cosmo. No momento, o meu fervilha de vontade de esmagar você. Você não me deu outra escolha, Artêmis.
— CALE-SEEEEEEEEEEEEE!!!!
Com dificuldade, Artêmis foi conseguindo se libertar da corrente de ar. Shun ainda tentou dissuadi-la, mas ela o xingou.
— Você quem pediu... TEMPESTADE NEBULOSAAAAAAAA!!!!



Artêmis lançou seu golpe para conseguir sair daquele emaranhado que havia se tornado a tempestade de Shun. A força da Deusa era inacreditável e ela foi conseguindo se mover. Shun já não tinha mais poder para continuar soltando o golpe, mas sabia que seria morto por ela caso falhasse. Foi então que Lukas, em um último esforço para ajudar seu mestre, ergueu seu cosmo, perdendo ainda mais sangue:
— GRAAAAAAAAAAAAANDE CHIFREEEEEEEE!!!!!!!!!!!!



Artêmis, então, finalmente foi varrida pela tempestade, tendo sido golpeada fulminantemente pelo Grande Chifre do novo cavaleiro de touro.
Antes de cair e desmaiar, Lukas disse:
— Acho que fazemos um belo time, mestre Shun.
Shun sorriu, e também perdeu os sentidos.





CONTINUA...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Eduardo
Admin
avatar

Mensagens : 483
Data de inscrição : 17/10/2012
Idade : 27
Localização : Santa Maria - RS

MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis   Dom Mar 20, 2016 4:09 pm

Esse capítulo foi F*DA!!! (melhor definição)

Parabéns Daniel! cheers cheers cheers

Hermes pareceu ser um personagem bem fortinho... vai ser outra luta padrão pelo jeito.

_________________

Eduardo, Administrador do Fórum de Jogos [R.I.P]
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://requiescantinpace.forumeiros.com
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis   Dom Mar 20, 2016 7:23 pm

Uma batalha que teve seus grandes momentos e dificuldades mas no final sempre vencemos
mas a questão será ??
Artêmis foi totalmente destruída ou apenas levada pela tempestade nebulosa ......

fiquei na duvida ? ira ela retornar de alguma forma?


so para me recordar normal eu ainda tenho 1 vida ou ja morri ... kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis   Dom Mar 27, 2016 10:14 pm

Baah, fooda, não sabia desses poderes do shun, bem fortinho... Lukas com armadura nova... Acho q o Hermes vai causar dor de cabeça...
Parabéns Daniel, desculpas pela falta de tempo, ainda mais nesse feriado, semana passada corrida, nessa a sprovas, mas com a semana estressante, chega no final de semana é temos um capítulo pra ler, bom pra esquecer dos problemas... Capítulo top...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Wander

avatar

Mensagens : 278
Data de inscrição : 23/08/2015
Idade : 28
Localização : Itabaiana/Sergipe

MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis   Seg Mar 28, 2016 12:22 pm

Fodastico, mas Hermes eh bem rapidinho, leão que vai pegar ele de jeito...enfim estamos todos Douradinhos kkkkkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
ZEUS CHAPTER 20: A Invencível Artêmis
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Review] God of War III
» [Geek Topic]Mitologia
» Charada Sony - Qual é o nome do jogo?
» Million Page

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
[R.I.P] Requiescant In Pace :: CDZ-
Ir para: